Rune Breaker – Bastidores: trabalhando em equipe

cover

Caso você esteja pensando em criar um jogo ou outro projeto artístico, a primeira coisa a ter em mente é: ninguém faz nada sozinho. Talvez você discorde, mas o fato é que só unindo as habilidades e visões criativas de diferentes pessoas é que torna-se possível criar algo realmente único. Essa talvez seja a maior lição que o Rune Breaker me ensinou. Quando tive a ideia, no final de 2015, comecei sozinho, programando um protótipo. Depois de um tempo, chamei 2 amigos para me ajudarem. Eles estiveram sempre presentes, e formaram a base do time. Ambos tinham alguma habilidade com arte digital, e ajudaram com sprites para o jogo e menus. A opinião deles também foi extremamente valiosa na hora de pensar como o jogo iria funcionar, que tipos de desafios seriam interessantes e como o personagem iria se mover e interagir com o cenário.

Mas isso não foi o suficiente. Tínhamos código funcional e várias ideias de fases e desafios, mas pouquíssimo na parte visual. Foi então que decidimos procurar artistas. Contamos com a participação de alguns amigos que não dominavam arte digital, mas sabiam desenhar à mão. Eu descrevia o personagem para eles, eles desenhavam, mandavam uma foto e então eu vetorizava e coloria tudo no computador. E apesar de eu ter adorado o trabalho deles, ambos tinham outras atividades, e não podiam se dedicar em tempo integral ao projeto. Ou seja, eles não conseguiriam desenhar tudo o que precisávamos em um tempo razoável. Foi nesse momento que eu, juntamente com meus 2 amigos, resolvemos tomamos um decisão arriscada: contratar artistas.

O DeviantArt foi um lugar incrível para encontrar bons artistas, que estivessem dispostos a desenhar os personagens e paisagens que precisávamos sem cobrar uma fortuna. Recomendo esta plataforma a qualquer um que esteja interessado em entrar em contato com artistas de qualquer lugar do mundo, ou compartilhar sua arte. Foi lá que conhecemos Kido Sama, Nela Bochenska, Gabriele Schoenherr (criadora das artes acima) e Brenda Maryan. Ficamos muitos satisfeitos com o trabalho deles, que deram vida ao universo que só existia em meus poemas e textos. 

Você pode ver mais do trabalho desses artistas no artbook do Rune Breaker, clique aqui.

Rune Breaker está disponível de graça na Google Play! Baixe aqui.

Resumo:

  • Olhe ao redor! Se você está pensando em começar um projeto, procure pessoas com as quais você tenha afinidade e que também se interessem pela ideia.

  • O fórum do DeviantArt é o melhor lugar para você encontrar artistas independentes e que cobram um preço que cabe em qualquer orçamento. Procure um artista que tenha um estilo que lhe agrade, converse com ele e negocie um valor.

  • A Internet é ótima para conectar pessoas, mas não se esqueça do mundo real! Participe de eventos e vá a lugares onde você possa encontrar pessoas novas e conversar. Nunca se sabe quando você encontrará alguém que interessado em arte ou games (o que conheça alguém que se interessa).

2 comentários em “Rune Breaker – Bastidores: trabalhando em equipe

Os comentários estão encerrados.