Rune Breaker – Bastidores: divulgação e continuidade

Background---Forest2

A jornada de um indie game não termina quando o jogo é lançado. É preciso levar sua mensagem até as pessoas, afinal de contas, esse é o maior obstáculo a ser superado por qualquer desenvolvedor independente de primeira viagem: a falta de visibilidade. Facebook, Twitter, Google e outras plataformas permitem que você pague por anúncios e faça seu app/game ser visto por aí. Mas, e quando o projeto foi feito a baixo custo e não há dinheiro para divulgação? Bom, ainda assim existem algumas estratégias que você pode adotar, e irei compartilhar aqui algumas das que utilizamos na divulgação do Rune Breaker.

1. Envolva-se com a comunidade
Não existe lugar melhor para anunciar seu jogo do que em redes sociais ou grupos direcionadas ao público gamer. O melhor plano é já ir se envolvendo com antecedência na comunidade, participando ativamente de fóruns e eventos (como game jams, por exemplo). Porém, se você não tem tempo ou disposição para isso, ainda assim vale a pena criar páginas em sites como itch.io, Gamejolt e IndieDB. Além disso, existem vários grupos relacionados a desenvolvimento de games no Facebook, vale a pena dar uma olhada lá também.

2. Procure a mídia
Se esse é seu primeiro projeto e você não tem muita visibilidade, não tente contatar os grandes sites de games logo de primeira. Comece entrando em contato com pequenos blogs e sites que fazem resenhas de games via e-mail, por exemplo. Explique a eles de forma resumida a ideia do seu jogo, e envie seus links para contato e redes sociais. Alguns sites até mesmo publicam artigos sobre o seu game de forma totalmente gratuita caso se interessem pelo seu game, como é o caso do Edamame Reviews.

3. Mantenha-se ativo
Ter páginas em redes sociais e postar nelas com alguma frequência é algo importantíssimo para manter o público interessado e também atrair novas pessoas para o seu game. O conteúdo dos posts pode ser variado: curiosidades sobre os bastidores do desenvolvimento do game (como fizemos aqui no Bluend com esta série de posts), concept arts ou até mesmo links e recomendações para outros indies pelos quais você se interesse. Seguir outros desenvolvedores e artistas pode ser também uma boa ideia, pois assim você pode ver o trabalho deles, e eles eventualmente poderão ver o seu também.

4. Pense no futuro
Após fazer algum trabalho de divulgação e buscar feedback dos jogadores, é preciso analisar que caminho você quer tomar com o projeto com base na resposta recebida do público. Se você percebeu que o jogo despertou o interesse de várias pessoas, talvez seja o momento de considerar uma divulgação mais ampla, ou até a inclusão de extras ou melhorias no jogo. Caso contrário, pode ser hora perfeita para “pivotar” o seu projeto, ou seja, voltar para o planejamento e ver o que pode ser melhorado com base no feedback recebido dos jogadores e testadores.

E quanto a nós?
O Rune Breaker ainda está em fase de divulgação, o que provavelmente irá se estender até o final de 2018. Provavelmente não faremos mais nenhum grande anúncio ou mudança no projeto, mas você ainda ouvirá novidades sobre o game nos próximos meses. Caso esteja tenha sugestões, elogios ou críticas, siga-nos e contate-nos através de nossas redes sociais. Gostaria de agradecer a todos que nos acompanharam até aqui, e espero que essa série de postagens dos bastidores do Rune Breaker possa ajudar futuros desenvolvedores indie em sua própria caminhada. Até a próxima, e boa sorte com seus projetos!

2 comentários em “Rune Breaker – Bastidores: divulgação e continuidade

Os comentários estão encerrados.